nsc
    nsc

    Novas obras

    Contorno Viário vai absorver só 11% do fluxo de veículos na Grande Florianópolis

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    24/04/2019 - 15h28 - Atualizada em: 24/04/2019 - 22h38
    (Foto: Emerson Souza / Diário Catarinense)

    Arte
    Arte
    (Foto: )

    O Grupo Técnico da BR-101 do Futuro, da Fiesc, fez reuniões na Capital e em Itajaí nesta quarta-feira (24) para apresentar o pacote de obras necessário para dar fluidez ao trecho Norte da rodovia – um conjunto que soma R$ 2,7 bilhões, e não está previsto no contrato de concessão da Arteris Litoral Sul. São novas pontes, retornos e extensão de marginais que, de acordo com os estudos da concessionária, serão capazes de aliviar o prognóstico de ainda mais filas e congestionamentos na BR-101 para os próximos anos.

    Os estudos técnicos feitos pelo engenheiro Newton Gava, um dos maiores especialistas do país no assunto, demonstram em números um cenário que quem circula pela BR-101 conhece muito bem. No trecho de maior fluxo da Grande Florianópolis, entre o km 209 e o km 210, as pistas principais e as marginais somam 180 mil veículos diariamente. O Contorno Viário, depois de pronto, só será capaz de absorver 11% dessa demanda.

    O entendimento da Fiesc é que, travada, a rodovia emperra também a economia de SC. O presidente, Mario Cezar de Aguiar, está comprometido em convencer prefeitos e entidades a apoiar o projeto, que depende de avaliação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e do Tribunal de Contas da União (TCU), a quem cabe decidir se vale a pena compensar a concessionária por obras que não foram contratadas. Nesse cenário, a pressão da sociedade civil organizada tem papel importante.

    A proposta de investimentos na Grande Florianópólis é de R$ 700 milhões em obras, que incluem a abertura de 12 quilômetros de terceira faixa na pista principal e outros 26 quilômetros nas marginais, além de viadutos, pontes e retornos.

    Confira quais as obras que fazem parte do pacote:

    * 47 km de Aumento de Capacidade

    * 6 Viadutos em Marginal

    * 11 Passarelas

    * 12,8 km de Terceira Faixa

    * 26,7 km de Terceira Faixa em Marginal

    * km de Marginais

    * Pontes em Marginais

    * Retorno em Viaduto

    Leia também: Contorno Viário da Grande Florianópolis: o que atrasa obra alvo de ação na Justiça

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas