nsc
nsc

Visão ruim

Jornal argentino coloca Florianópolis entre destinos não recomendados no verão com coronavírus

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
14/12/2020 - 10h11 - Atualizada em: 14/12/2020 - 17h38
Temporadas de verão são marcadas pela presença de argentinos em Florianópolis
Temporadas de verão são marcadas pela presença de argentinos em Florianópolis (Foto: Diorgenes Pandini / Diário Catarinense)

O nível gravíssimo para coronavírus em Florianópolis passa a refletir no turismo. Reportagem do jornal argentino La Nación, nesta segunda-feira (14), coloca a Capital catarinense entre os destinos não recomendados para os hermanos na próxima temporada de verão. Rio de Janeiro e Recife também estão no texto como cidades consideradas de risco por conta do avanço da doença. O La Nación é um dos dois principais jornais argentinos em circulação.

> Municípios negociam para garantir vacina russa em SC

Regras para praias e verão com coronavírus em SC ficam para a próxima semana

A reportagem serve como alerta para as autoridades catarinenses pela imagem preocupante gerada diante da alta ocupação dos leitos de UTI, inclusive citada na publicação. Nesta segunda-feira, o nível geral é de 89,6%, enquanto os espaços para adultos no SUS estão com ocupação de 95,6%.

Reportagem do jornal La Nación sobre férias em Florianópolis
Reportagem do jornal La Nación sobre férias em Florianópolis
(Foto: )

O La Nación ouviu o cônsul argentino em Florianópolis, Gustavo Coppa, que disse: "quem decidir vir vai se arriscar um pouco mais do que nas outras temporadas”. Ele também alertou para a necessidade de um seguro saúde por parte dos argentinos diante de uma eventual procura pelo sistema de saúde, que está com alta demanda.

A segurança sanitária, como percebe-se na reportagem, tornou-se um dos principais fatores para a atração de turistas. Mesmo que os índices de Florianópolis do ponto de vista de letalidade seja menores do que outras Capitais brasileiras, o nível atual destoa em relação às demais regiões. Nunca foi tão necessário estar atento à saúde pública.

Deputada quer tornar turismo serviço essencial na pandemia em SC

No caso de visitantes estrangeiros há outras limitações como as regras internas dos países para o retorno já que para a entrada no Brasil não há limitações do ponto de vista de apresentação de exames, por exemplo. As vias terrestres, porém, continuam fechadas. No retorno à Argentina os hermanos precisam apresentar um teste PCR negativo feito com 72 horas antes do embarque.

Nesta segunda-feira (14) o governo catarinense deve apresentar o protocolo de verão com as regras sanitárias para ocupação das praias, entre outras recomendações. O plano passa a ser cada vez mais necessário para que turistas e moradores tenham segurança nos próximos meses.

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas