nsc
nsc

Sistema prisional

Modelo de PPPs para cadeias prevê ampliação da penitenciária de Blumenau

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
25/09/2019 - 10h11
(Foto: Mariana Furlan / Agência RBS)
(Foto: Mariana Furlan / Agência RBS)

O projeto do governo do Estado que prevê a penitenciária de Blumenau como a primeira unidade de SC a ser administrada no modelo de parceria público privada (PPP) tem como ideia a ampliação da unidade atual. Além do pavilhão existente hoje, seriam feitos mais três, com aproximadamente 600 vagas, no terreno ao lado, de propriedade do Estado.

Na próxima semana, órgãos federais vêm ao Estado para conhecer as penitenciárias de São Cristóvão do Sul e Chapecó, que são referência em trabalho dentro das unidades para os presos. Eles querem saber mais detalhes da operação financeira do fundo rotativo que é gerado a partir do trabalho dos apenados, já que a proposta de PPP do governo federal para é incluir o trabalho do detento.

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas