Com a saída de Eron Giordani da chefia da Casa Civil, o governador Carlos Moisés da Silva não fará movimentos bruscos. No dia 31, Eron sai para poder concorrer nas Eleições 2022. Em seu lugar ficará Juliano Chiodelli, atual número 2 da pasta.

Continua depois da publicidade

Chiodelli já esteve à frente da Casa Civil em 2020 durante o primeiro processo de impeachment. Com a mudança de perfil político de Moisés, Eron foi colocado na chefia da secretaria para atuar na linha de frente junto à Alesc.

Chiodelli ficou com a parte administrativa do governo. Agora ele volta para o cargo, mas deve dividir as decisões com o coronel Márcio Ferreira, secretário-geral de governo, e braço direito de Moisés.

Leia também:

Crônica de domingo: Top 1

Campanha pede que prefeito de Criciúma não renuncie

Continua depois da publicidade

Promotor de Blumenau é confirmado como candidato do Novo ao governo de SC

Destaques do NSC Total