nsc
    nsc

    Atividades esportivas

    Organizadores anunciam volta de corridas de rua em SC; eventos precisam de aval

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    29/04/2021 - 06h27 - Atualizada em: 29/04/2021 - 06h37
    Corridas de rua são tradicionais em Santa Catarina
    Corridas de rua são tradicionais em Santa Catarina (Foto: Gabriel Vanini, Divulgação)

    A decisão do governo de Santa Catarina de liberar as atividades esportivas gerou mobilização de organizadores de eventos no Estado. Após a coletiva de imprensa da Fesporte e da secretaria de Saúde, nesta quarta-feira (28), promotores de corridas de rua publicaram em redes sociais a volta das disputas previstas para os próximos meses dentro dos protocolocos estabelecidos. A medida, porém, ainda é vista com cautela pelos órgãos do Estado.

    Calendário da Fesporte é autorizado depois de um ano

    Isso porque todas as disputas precisam ser aprovadas através de um pedido da federação envolvida. No caso das corridas, cabe ao representantes do atletismo a solicitação. A coluna conversou com o assessor jurídico da Fesporte, Alexandre Beck Monguilhott, e com o superintendente da Diretoria de Vigilância em Saúde do Estado, Eduardo Macário. Ambos alertaram que os eventos precisam de autorização e devem seguir as regras da portaria estabelecida de forma conjunta entre os órgãos.

    Futebol entre amigos é liberado pelo Governo de SC; veja as regras

    No caso de esportes de alto rendimento, que envolvam entrega de prêmios e medalhas, os atletas precisam ser testados. Ainda haverá limitação do número de participantes e exigência do cumprimento de protocolos. Macário lembra que as corridas não são simples competições, e se tratam de eventos de grande porte. Por isso devem ser ser analisados de forma conjunta por Fesporte e Saúde.

    - Portanto, nenhuma competição de alto rendimento está previamente autorizada - afirmou o superintendente.

    Renato Igor: Governo de SC acerta ao liberar prática de esportes

    Monguilhott ainda lembra que os protocolos feitos chegam para garantir a continuidade dos eventos. Segundo ele, até agora foram feitas 40 solicitações por diferentes tipos de modalide. Dessas, 20 já foram despachadas pela Fesporte.

    Mais colunistas

      Mais colunistas