nsc
    nsc

    Infraestrutura

    Projeto de iluminação do novo acesso ao Sul da Ilha é previsto para o final de outubro

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    08/10/2019 - 14h44 - Atualizada em: 08/10/2019 - 14h51
    Novo acesso ao Sul da Ilha e ao aeroporto de Florianópolis foi liberado incompleto (Foto: Leo Munhoz)
    Novo acesso ao Sul da Ilha e ao aeroporto de Florianópolis foi liberado incompleto (Foto: Leo Munhoz)

    A iluminação do acesso ao Sul da Ilha, em Florianópolis, ainda não tem o projeto concluído. Os estudos ficaram sob responsabilidade da prefeitura, que promete finalizá-los no final de outubro. Antes, a ideia era terminar o levantamento ainda em setembro, o que não ocorreu. A concessionária de iluminação pública do município é quem está trabalhando no projeto.

    Com este prazo, dificilmente serão cumpridos os 30 dias recomendados pelo promotor de Justiça Daniel Paladino para a instalação da iluminação no trecho. Isso porque, depois da conclusão do estudo, ainda haverá a definição sobre quem pagará a conta: Estado ou município.

    Recomendações do MP-SC

    Em documento enviado nesta quarta-feira à secretaria de Infraestrutura, o promotor faz diversas recomendações de segurança à pasta para o acesso ao Sul da Ilha.

    Ele pede que no prazo de 30 dias sejam adotadas "todas as medidas necessárias à segurança do trânsito e a boa trafegabilidade no trecho compreendido entre o viaduto do bairro Carianos e o novo terminal aeroportuário de Florianópolis, e sentido inverso, com a instalação, em quantidade suficiente e nos locais apropriados, de placas indicativas de limite de velocidade, de defensas (guard rails) ao longo de todo o trajeto, sinalização vertical e horizontal, na forma da melhor engenharia de trânsito, cercamento da rodovia a fim de evitar o ingresso de animais e consequentemente a possibilidade de colisões e, por fim, iluminação pública em ambos os sentidos de circulação e em toda a extensão do traçado”.

    Paladino ainda diz que, caso não seja possível implantar as melhorias em um mês, que a secretaria coloque em prática medidas mitigatórias. Depois de recebido o documento da promotoria, a secretaria terá 10 dias para se posicionar. A coluna tentou contato com a assessoria da pasta, mas não obteve retorno.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas