nsc
    nsc

    Tecnologia

    Projeto que proibia 5G em Santa Catarina é arquivado definitivamente

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    21/10/2019 - 08h02 - Atualizada em: 21/10/2019 - 09h46
    (Foto: Pixabay)
    (Foto: Pixabay)

    Rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alesc, o projeto que proibia a implantação e os testes do sistema 5G em Santa Catarina foi definitivamente arquivado.

    O autor, Marcius Machado (PL), poderia pedir o desarquivamento em plenário, o que não ocorreu. Pelo visto, prevaleceu o que faltou antes do projeto ser apresentado: bom senso.

    O relator do projeto na CCJ era o deputado Coronel Mocellin (PSL). Ele apresentou um pedido para diligências antes da análise da proposta. Em contrapartida, Milton Hobus (PSD) votou contra e defendeu o arquivamento, que foi seguido por outros colegas, como Paulinha (PDT) e Mauricio Eskudlark (PL). As críticas ao texto foram grandes.

    Após apresentar a proposta em julho e o texto ganhar notoriedade por conta das informações falsas usadas como justificativa, Machado fez uma emenda para condicionar a implantação do sistema a estudos que comprovassem que não há riscos à saúde humana e animal. Inicialmente, o deputado Nilso Berlanda (PL) também era coautor, mas diante da repercussão ele recuou e retirou a assinatura.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas