nsc
    nsc

    Recomeço

    Recuperação da ponte Hercílio Luz chega à reta final

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    14/05/2019 - 03h25
    (Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense)

    Por incrível que possa parecer, a obra de recuperação da ponte Hercílio Luz entrou na reta final. Faltam pouco mais de sete meses para a conclusão dos trabalhos da construtora portuguesa Teixeira Duarte. Prova da celeridade está em uma parte fundamental da estrutura. Os operários concluíram nos últimos dias a instalação das novas barras de olhal. Elas são responsáveis por dar as curvas arquitetônicas da Velha Senhora e, mais do que isso, sustentar o vão central.

    Foram 360 peças. As novas já chamam a atenção. Elas têm a cor cinza e devem ser testadas oficialmente em breve. 

    Isso porque os técnicos começam sexta-feira, a devolver o peso total da ponte para as novas barras de olhal. Hoje a estrutura está apoiada em quatro bases provisórias de sustentação.

    Segundo o engenheiro do Deinfra, responsável pela fiscalização da reforma, José Abel da Silva, 80% do peso total vai ser recolocado novamente no primeiro momento. Esse trabalho ocorre até 21 de junho, segundo cronograma da obra. Em questão de prazo, aliás, o Estado mantém a liberação do trânsito na estrutura para 30 de dezembro deste ano. A retirada das quatro estruturas temporárias que sustentam o vão central será feita até março do próximo ano. Mas até lá o fluxo de veículos estará liberado, a princípio com preferência para transporte coletivo, pedestres e ciclistas.

    Reutilização

    As peças provisórias que ajudam a sustentar a Hercílio Luz durante a recuperação serão entregues para a Defesa Civil, que deve aplicá-las na construção de pontes. Uma estimativa inicial mostrou que os metais poderiam gerar 200 ligações de quatro a 12 metros. Eles seriam aplicados em cidades onde as pontes originais foram destruídas pelas chuvas, por exemplo.

    Leia também: Depoimentos de empresários na CPI da Ponte Hercílio Luz começam nesta terça

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas