Navegue por

publicidade

Ânderson

Meio ambiente

Representante do Japão que tenta liberar caça das baleias usa gravata com desenhos do animal

Compartilhe

Por Ânderson Silva
14/09/2018 - 08h54 - Atualizada em: 14/09/2018 - 12h25

Um dos japoneses integrantes da comitiva que tenta liberar a caça comercial das baleias no evento da Comissão Internacional, em Florianópolis, vestia ontem uma gravata, digamos, um tanto contraditória. Os desenhos de baleias contrastam com o interesse de um país interessado em fomentar a morte dos animais. A proposta será votada nesta sexta-feira, no Costão do Santinho, onde ocorre a reunião.

Durante o evento, o japonês revelou que usa o adereço por considerar essa a sua "gravata da sorte". No último congresso, há dois anos, ele venceu um concurso de gravatas com essa, das baleias. Por isso pensou que teria sorte na votação da caça, o que não ocorreu, já que a proposta foi rejeitada nesta sexta-feira.

Nos último dias, diferentes entidades e representantes de setores da sociedade se manifestaram contra a intenção dos japoneses. Foi o caso do prefeito da Capital, Gean Loureiro, que criticou a medida em suas redes sociais. A própria prefeitura também se manifestou em crítica à intenção do Japão.

A caça comercial das baleias é proibida por uma moratória desde 1986. O evento da Comissão ocorre a cada dois anos e em todos eles a comitiva japonesa tenta acabar com a moratória.

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação