nsc
nsc

Resposta

Secretários de Saúde dos Estados se posicionam sobre pronunciamento de Bolsonaro: "assistimos estarrecidos"

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
25/03/2020 - 07h56 - Atualizada em: 25/03/2020 - 08h06
Presidente Jair Bolsonaro fez pronunciamento sobre o coronavírus na noite de 24 de março (Foto: Evaristo SA/ AFP)
Presidente Jair Bolsonaro fez pronunciamento sobre o coronavírus na noite de 24 de março (Foto: Evaristo SA/ AFP)

Os secretários estaduais da Saúde brasileiros emitiram uma carta nesta quarta-feira (25) como resposta ao pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, da noite de terça-feira (24) sobre o novo coronavírus. O documento foi assinado por todos os responsáveis pelas pastas nos Estados, incluindo Helton Zeferino, que comanda a Saúde em Santa Catarina. O posicionamento foi feito através do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass): "assistimos estarrecidos ao pronunciamento em cadeia nacional do Presidente da República, Jair Bolsonaro", é a frase inicial do comunicado.

​> Em site especial, saiba todas as informações sobre o coronavírus em SC

Para os secretários, o que se viu "foi uma tentativa de desmobilizar a sociedade brasileira, as autoridades sanitárias de todo o país". A carta ainda diz que a "sua (de Bolsonaro) fala dificulta o trabalho de todos, inclusive de seu ministro e técnicos".

Além de criticar o posicionamento do presidente da República, o grupo ainda manifestou apoio à atuação do Ministério da Saúde e sua equipe: "com saúde não se pode brincar e nem fazer apostas, diante do risco que corremos. É preciso discernimento, coragem e determinação para liderar, unificar e auxiliar a nação a superar mais este desafio de Emergência em Saúde Pública", escreveram os secretários.

O Conselho ainda se posicionou sobre a questão econômica, um dos focos do discurso de Bolsonaro: "Temos plena consciência de que o Brasil e o mundo irá enfrentar uma grave recessão econômica, aprofundamento das desigualdades sociais e empobrecimento. A economia, com trabalho, disciplina, organização e espírito público, se recuperará. Seremos solidários e trabalharemos sem descanso para permitir uma rápida recuperação da nossa economia. Mas é preciso que se entenda, vidas perdidas, não serão recuperadas jamais".

Leia as duas páginas da carta abaixo:

Carta dos secretários de Estado da Saúde em resposta ao pronunciamento de Jair Bolsonaro sobre o coronavírus
Carta dos secretários de Estado da Saúde em resposta ao pronunciamento de Jair Bolsonaro sobre o coronavírus
(Foto: )

Carta dos secretários de Estado da Saúde em resposta ao pronunciamento de Jair Bolsonaro sobre o coronavírus
Carta dos secretários de Estado da Saúde em resposta ao pronunciamento de Jair Bolsonaro sobre o coronavírus
(Foto: )

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Últimas do colunista

Loading interface...
Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas