nsc

publicidade

Transporte

Sem projeto do Estado, prefeituras farão consórcio para o transporte público da Grande Florianópolis

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
22/11/2018 - 18h23 - Atualizada em: 22/11/2018 - 20h17
ônibus
(Foto: )

Em uma reunião, nesta quinta-feira, os prefeitos de seis cidades da Grande Florianópolis decidiram fazer um consórcio para contratar um transporte coletivo integrado. Essa foi a alternativa encontrada depois que o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) retirou o projeto da Alesc o projeto que dava ao Estado o poder de fazer a concessão dos ônibus para a região. A ideia dos prefeitos é licitar o serviço.

Participaram do encontro os prefeitos Camilo Martins (Palhoça), Adeliana Dal Pont (São José), Ramon Wollinger (Biguaçu), Edésio Justen (Santo Amaro da Imperatriz), Ernei José Stahelin (São Pedro de Alcântara), Omero Prim (Águas Mornas).

O Estado será convidado a participar do projeto já que as linhas intermunicipais pertencem ao Deter. Além disso, os prefeitos pediram ao governo os estudos elaborados até o momento agora agilizar o processo. 

Leia também:

Projeto do transporte coletivo integrado na Grande Florianópolis é aprovado na CCJ da Alesc

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade