nsc
    nsc

    De olho nas eleições

    Sob a batuta de Moisés, PSL vai filiar prefeitos e vices

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    10/02/2020 - 10h05 - Atualizada em: 10/02/2020 - 10h18
    Luciano Buligon sairá do DEM para integrar o PSL (Foto: Cristiano Estrela/Secom)
    Luciano Buligon sairá do DEM para integrar o PSL (Foto: Cristiano Estrela/Secom)

    Um evento no próximo sábado, 15 de fevereiro, vai marcar a entrada de prefeitos e vice-prefeitos catarinenses no PSL, que agora está sob a batuta do governador Carlos Moisés da Silva. Ele é o principal articulador das filiações, incluindo a do prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, que deixará o DEM com menos de um ano de entrada na sigla. O evento vai ocorrer no hotel Golden, em São José, na Grande Florianópolis. São esperados pelo menos 15 novos membros para o partido.

    A grande maioria dos novos filiados vai tentar a reeleição em outubro deste ano. Por isso é que o encontro tem um grande peso eleitoral. O PSL de Moisés entra na disputa com nomes consolidados em suas cidades em busca de aumento da força do partido no Estado.

    Em Florianópolis, o partido mantém a intenção de lançar o comandante-geral da PM-SC, coronel Araújo Gomes, para a disputa da prefeitura. Ele é o único nome que o PSL trabalha no momento.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas