nsc
nsc

publicidade

Vai pesar no bolso

Trajeto entre Porto Alegre e Florianópolis terá oito praças de pedágio

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
26/09/2019 - 04h15 - Atualizada em: 26/09/2019 - 09h30
(Foto: Guto Kuerten / BD)

Com a concessão da BR-101 Sul, em Santa Catarina, que está prevista para 2020, e o trecho do Rio Grande do Sul já concedido à iniciativa privada, o motorista vai ter que abrir bem o bolso para circular entre Porto Alegre e Florianópolis.

Explico:

No trecho catarinense serão cinco pedágios (um já existente), enquanto no lado gaúcho serão mais três praças (uma delas começa a operar em 2020).

O preço dos pedágios do Rio Grande do Sul são diferentes:

Um custa R$ 8,60, no sentido POA-Floripa (com a volta livre), enquanto o outro é R$ 4,30, assim como será a praça aberta em 2020.

O preço máximo para os pedágios de Santa Catarina deve ser de R$ 4,42.

O menor preço vence o leilão.

Em uma hipótese na qual os valores fossem equivalentes nos dois lados, somado os R$ 2,70 da praça de Paulo Lopes, o custo total da viagem para quem sai do lado gaúcho pode chegar perto de R$ 40.

Cidades onde vão ficar os pedágios entre Florianópolis e Porto Alegre
Cidades onde vão ficar os pedágios entre Florianópolis e Porto Alegre
(Foto: )

Leia as últimas notícias do NSC Total

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Últimas do colunista

Loading interface...
Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas