nsc
nsc

Rotina de acidentes

Trecho da BR-282, na Grande Florianópolis, pede socorro e ações urgentes

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
25/01/2020 - 09h47
Acidente ocorrido no dia 16 de janeiro deixou feridos gravemente (Foto: Divulgação PRF)
Acidente ocorrido no dia 16 de janeiro deixou feridos gravemente (Foto: Divulgação PRF)

O trecho da BR-282, na Grande Florianópolis, precisa se tornar prioridade das autoridades. Assim como foram outras rodovias de Santa Catarina, chegou a hora de a estrada que leva a Capital até Lages e depois a outras regiões catarinenses receber uma atenção. Desde o final do ano passado, o trecho é palco de acidentes violentos, com mortes e feridos graves.

A mobilização em tornos das BRs 280 e 470, que resultou nas obras de duplicação em andamento, tem ser replicada na Grande Florianópolis. É inaceitável o quadro sangrento da rodovia que corta Santa Catarina. A responsabilidade, claro, não é exclusiva de autoridades, mas passa também diretamente pelos motoristas.

Mas, para isso, precisa controle e orientação. Inevitavelmente a rodovia não pode ficar sem radares. A retirada dos equipamentos mudou o quadro na rodovia. Basta ver os recentes casos de acidentes. A imprudência precisa ser contida. Como não há conscientização, os órgãos estatais devem reagir o quanto antes para controlar este crescimento assutador de casos, semana após semana.

Quando falo em prioridade, estabeleço a BR-282 como um dos gargalos catarinenses. O investimento em infraestrutura é fundamental para o Estado se desenvolver. Como uma rodovia da importância que é a 282 no atual quadro, ela se torna um entrave para o crescimento. Mais do que isso, é uma ameaça para quem circula por ela.

Os condutores precisam, sim, fazer sua parte. A rodovia é movimentada, principalmente no trecho entre Palhoça e Rancho Queimado. Isso requer atenção, pede prudência e controle de velocidade. Não há policiais suficientes para monitorar todo o trecho, mas no último final de semana, por exemplo, a PRF tinha equipes em dois pontos com blitze.

O ano de 2020 está somente começando e a BR-282 se coloca como prioridade estadual. Deve estar em pauta de discussões de infraestrutura junto ao governo federal e até em debates locais. A mobilização política e comunitária será fundamental para isso.

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Últimas do colunista

Loading interface...
Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas