nsc
nsc

Aquisição

Udesc compra prédio da Oi no Itacorubi, em Florianópolis, por R$ 79 milhões

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
20/12/2019 - 15h53
Prédio da Oi fica em frente ao Campus da Udesc (Foto: Divulgação)
Prédio da Oi fica em frente ao Campus da Udesc (Foto: Divulgação)

A Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc) anunciou nesta sexta-feira a compra do prédio da Oi localizado na Avenida Madre Benvenuta, no bairro Itacorubi, em frente ao Campus I da instituição no bairro Itacorubi, em Florianópolis. A estrutura de 11 mil metros quadrados construídos e área de 41 mil metros quadrados foi adquirida por R$ 79 milhões em uma negociação que partiu do valor de avaliação de valor mínimo de R$ 84,6 milhões e máximo de R$ 96,4 milhões. A proposta foi aceita pelo Conselho de Administração da Oi S.A., empresa que está em recuperação judicial.

Os primeiros R$ 49 milhões já foram depositados pela universidade em uma conta-garantia no Banco do Brasil. O restante será pago em quatro parcelas de R$ 7,5 milhões nos próximos quatro anos com possibilidade de antecipação conforma a condição financeira no período. A aquisição teve o aval do conselhos Universitário (Consuni), de Administração (Consad) e Curador (Concur). A Anatel ainda precisa validar a transação e de homologação em juízo por conta da recuperação judicial da Oi.

Segundo a Udesc, o novo prédio vai abrigar a Reitoria, o Centro de Educação a Distância (Cead) e a Bibilioteca Universitária, incluindo com laboratórios, auditório, salas de reunião, postos de trabalho e 420 vagas de estacionamento. A estrutura desocupada no Campus I receberá a ampliação do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) e do Centro de Artes (Ceart).

O reitor da instituição, Marcus Tomasi, justifica a compra: "há tempos enfrentamos um estrangulamento de estrutura no Campus I, o que dificulta nossas atividades. A compra do novo prédio, bem ao lado do atual, resolve muitos problemas e nos abre novos horizontes para o futuro".

A Udesc chegou a cogitar a compra do prédio onde hoje funciona o Instituto Geral de Perícias (IGP), também no Itacorubi, mas mais próximo ao bairro João Paulo. Segundo a instituição, porém, a compra da estrutura da Oi "mostrou-se mais vantajosa pela proximidade com a atual sede do Campus I e às melhores condições de abrigar a estrutura necessária para a universidade, como laboratórios e postos de trabalho".

Sem devoluções em 2019

Com a compra do novo prédio confirmada, a Udesc não fará devoluções de recursos aos cofres do Executivo em 2019. A universidade faz parte do grupo dos órgãos que recebem valores do duodécimo pago pelo governo do Estado junto à Alesc, MP-SC, TCE-SC e TJ-SC.

Leia mais notícias de Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas