Um projeto inovador da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) vai resultar na reestruturação do laboratório de carnes da instituição, no departamento de Ciência e Tecnologia dos Alimentos. O espaço vai receber novos equipamentos – como biorreatores e bioimpressoras – para se alinhar aos novos tempos de pesquisa em carne cultivada. O investimento virá da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), na ordem de R$ 2,4 milhões.

Continua depois da publicidade

A professora Silvani Verruck, responsável pelo projeto, está conduzindo a pesquisa em parceria com a Embrapa, com o objetivo de estudar as estruturas tridimensionais que poderão ser usadas por células cultivadas como suporte para estruturar um corte cárneo bovino.

Em linhas gerais, a ideia é fazer com os tecidos cultivados com células musculares do boi fiquem idênticos a um bife, por exemplo. O projeto tem duração de 36 meses e começou em dezembro de 2023.

Destaques do NSC Total