nsc
nsc

Ensino superior

UFSC tem bloqueio de R$ 46 milhões em verbas de custeio

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
30/04/2019 - 18h26 - Atualizada em: 30/04/2019 - 20h17
UFSC tem bloqueio de R$ 46 milhões em verbas de custeio. (Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Diário Catarinense)
UFSC tem bloqueio de R$ 46 milhões em verbas de custeio. (Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Diário Catarinense)

dag
(Foto: )

O bloqueio de R$ 29,5 bilhões do Orçamento da União, pelo governo federal, vai resultar em um rombo de R$ 46 milhões no orçamento da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – reflexo de um corte de 25% nos repasses do Ministério da Educação (MEC). A informação foi divulgada pela Associação dos Professores da UFSC (Apufsc), com base em um detalhado relato do secretário de Planejamento da universidade, Vladimir Fey.

A divulgação do raio-X do orçamento, nesta terça-feira, coincidiu com a decisão do MEC de cortar verbas de pelo menos três universidades federais por “balbúrdia”, segundo o ministro Abraham Weintraub, que repercutiu em todo o país. A medida foi vista, no meio acadêmico, como uma tentativa de censura às universidades.

Não foi o caso da UFSC. Mas o cenário não é menos preocupante. A universidade teria neste ano, para o pagamento de custeio – gastos como energia elétrica, limpeza, vigilância e ações de permanência estudantil, voltadas a estudantes de baixa renda – o equivalente a R$ 180 milhões. É desse montante que foram bloqueados os R$ 46 milhões pelo governo.

O resultado imediato foi a queda na verba disponível para investimentos, que é de R$ 5 milhões para 2019 – 20% do que foi investido em 2016. A UFSC vai criar uma comissão para revisar gastos. Uma das medidas será a renegociação de contratos com fornecedores e terceirizados, e uma campanha para reduzir o consumo de papel, água e energia elétrica.

A expectativa de Fey é que o bloqueio reduza ao longo do ano, se o governo conseguir incrementar a receita. Ele acredita que seja possível aliviar o bloqueio de 25% para 10%, mas não há prazo para que isso ocorra.

Auxílio estudantil

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) demonstrou preocupação com a possibilidade de cortes nos auxílios para estudantes de baixa renda – o que ocorreu recentemente na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A reitoria não quer mexer nos auxílios: vai tentar adequar o orçamento sem trazer prejuízo ao funcionamento da universidade.

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Últimas do colunista

Loading interface...
Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas