nsc

publicidade

Ânderson

Tchau, canudinho

Virou lei: Moisés sanciona obrigatoriedade de canudos biodegradáveis em SC

Compartilhe

Por Ânderson Silva
14/05/2019 - 19h17 - Atualizada em: 15/05/2019 - 11h27
(Foto: Salmo Duarte / A Notícia)
(Foto: Salmo Duarte / A Notícia)

O governador Carlos Moisés da Silva sancionou nesta terça-feira o projeto do deputado estadual João Amin (PP) que obriga os estabelecimentos comerciais de Santa Catarina a ofertar canudos biodegradáveis aos clientes. Os empresários, porém, terão um ano para se adequar ao texto, que permite a entrega dos materiais de plástico apenas caso o consumidor faça a solicitação.

A iniciativa atinge hotéis, clubes, padarias, bares, lanchonetes e vendedores ambulantes de bebidas. Quem descumprir a medida estará sujeito a multa de R$ 1 mil, segundo a lei 17.727 de 13 de maio de 2019. Dentro dos estabelecimentos deve haver um comunicado de incentivo para o consumo com produto biodegradável.

Além disso, será obrigada a colocação de coletores para a coleta seletiva dentro dos espaços, assim como a "destinação ambientalmente adequada dos resíduos gerados em suas dependências".

Deixe seu comentário:

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

anderson.silva@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade