nsc
    nsc

    Retomada

    Escolas de Florianópolis terão autonomia para decidir sobre volta às aulas

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    08/10/2020 - 17h43
    Escolas de Florianópolis devem fazer plano de contingência para volta às aulas
    Escolas de Florianópolis devem fazer plano de contingência para volta às aulas (Foto: Mauricio Vieira/Secom)

    As escolas de Florianópolis terão autonomia para decidir sobre a volta às aulas diante do coronavírus. A decisão é válida em todas as unidades da Capital, incluindo as redes pública e privada. Ela segue o encaminhamento dado pelo Estado. O Comitê Estratégico responsável pelo acompanhamento da retomada das atividades se reuniu nesta quinta-feira (8) e foi comunicado pelo secretário da Educação do município, Maurício Fernandes, sobre a decisão tomada pela prefeitura.

    SC libera volta às aulas presenciais em escolas públicas e privadas; veja regras

    Além disso, o município também decidiu que seguirá o regramento adotado pelas portarias do governo do Estado. Elas definem a retomada dos trabalhos conforme a cor do mapa de risco para coronavírus. Atualmente, a Grande Florianópolis está no laranja. Isso permite a volta das atividades pedagógicas. Somente no amarelo é que as aulas tradicionais são autorizadas.

    Com a autonomia, dependerá de cada escola a volta. Para isso, todas as unidades terão que fazer reuniões ou assembleias com professores, funcionários, pais e alunos para discutir a questão. Caso a decisão seja pelo retorno, a unidade deverá elaborar um plano de contingência a ser entregue ao Comitê coordenado pelo secretário municipal. Ela será o responsável por atestar a liberação das atividades.

    > Volta às aulas presenciais em Joinville já tem data definida

    Algumas escolas particulares já fizeram os documentos e enviaram ao município. Na reunião do Comitê desta quinta-feira, os membros também definem o regramento a ser seguido em todo o território da Capital pelas escolas públicas e privadas.

    A data de retorno das atividades dependerá da organização de cada unidade e da cor do mapa de risco da região. Em Santa Catarina, as aulas estarão liberadas a partir de 13 de outubro, também conforme a situação de coronavírus em cada parte do Estado.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas