publicidade

Cacau

Criciúma e Joinville

Desativação de unidades de defensoria pública da União gera preocupação

Compartilhe

Por Cacau Menezes
20/07/2019 - 06h45 - Atualizada em: 22/07/2019 - 22h27

A notícia de que o governo federal irá desativar duas unidades de defensorias públicas da União, uma em Criciúma e outra em Joinville, gerou enorme preocupação, pois muitas pessoas ficarão sem advogado. E como é que alguém pode viver no Brasil sem um advogado?

No ano passado, a CNJ divulgou que havia mais de 80 milhões de processos em tramitação no Brasil. Considerando que cada processo envolve mais de uma pessoa, podemos ter uma ideia aproximada de quantos brasileiros estão a litigar em juízo. Se pagássemos nossas dívidas, se fôssemos mais responsáveis ao assinar uma nota de compra ou um contrato, se não exigíssemos do outro mais do que nos é devido, se preferíssemos fazer um acordo aquém do que julgamos ser de direito, a ter de travar uma briga judicial, estaríamos com nossos fóruns e tribunais entupidos de processos?

Cabe, então, uma pergunta: nós, brasileiros, possuímos a probidade e a responsabilidade que exigimos de nossos políticos? Deveríamos nos envergonhar desses mais de 80 milhões de processos, porque eles revelam nossos pecados, mas ao invés de fazermos o mea culpa, preferimos culpar o Poder Judiciário pela morosidade na solução dos litígios.

No palco

Governador Carlos Moisés da Silva, convidado pelo vocalista Zeca Petry, subiu ao palco do Teatro Ademir Rosa, do CIC, na noite de quinta-feira para cantar "Certos Amigos" junto com o Grupo Expresso e a Camerata Florianópolis e em perfeita harmonia. Foi o auge. Bravo. Quem ganhou foi o público com a excelente performance dos músicos - e do cantador governador.

Fala Pedrão

"Referente à nomeação do Nabih Chraim ao cargo na SPU, afirmo que não tenho participação, embora reconheça a sua capacidade para tal. É um guri bom! Acredito que a nomeação do Nabih seja por sua competência, mas como esse cargo é político, logo a indicação deve ter sido feita por algum político".

Prazer na Serra

Mais um motivo para subir a Serra neste final de semana. Daniela Borges de Freitas, a bem sucedida empresária que preside o Conselho de Administração da Villa Francioni, abre às 14h deste sábado exposição do pintor surrealista brasileiro Evandro Schiavone na imponente galeria de arte da vinícola de São Joaquim. Diz o múltiplo Edson Machado, artista plástico e gestor cultural da galeria da Villa Francioni, que esse modelo de atividade cultural dentro de uma vinícola é inédito no Brasil, e segue padrões exitosos de vitivinicultores em países da Europa e América.

Fica Ambev

Estar presente em Santa Catarina é de suma importância para a Cervejaria Ambev e, por isso, a companhia vem discutindo com o governo a retomada dos incentivos fiscais no Estado. Isso possibilitaria futuros investimentos e ajudaria a manter a competitividade de Santa Catarina frente aos demais estados do Sul.

Nomeado

Vereador Tiago Silva foi nomeado Diretor de Relações e Defesa do Consumidor, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O ato foi publicado na edição de quinta-feira no Diário Oficial do Estado.

Asfaltaço

Sobre as quatro transversais da João Meirelles, entre elas a José Lins Rego e Rua do Canal, o prefeito em exercício João Batista Nunes informa à coluna que a prefeitura já trabalha no projeto para implantar, nos próximos meses, a operação asfaltaço, assim como foi feito na João Meirelles. 

Deixe seu comentário:

publicidade