nsc
    nsc

    Bastidores da Copa 2018

    Empresa especializada em sono leva colchão para melhorar lesão de Marcelo

    Compartilhe

    Por Cacau Menezes
    29/06/2018 - 09h05 - Atualizada em: 29/06/2018 - 09h18
    Divulgação, Diário Catarinense

    Com tecnologia americana, colchão Zissou cabe em uma caixa e será levado até a Rússia, especialmente para o lateral-esquerdo do Brasil.

    Após a lesão em campo, ocasionada por um colchão de hotel, o lateral da Seleção Brasileira, Marcelo, receberá da startup especializada em sono, Zissou, um produto específico para reparar sua condição física.

    Idealizado com tecnologia americana "bed in a box", o colchão Zissou é armazenado em uma caixa compacta retangular, o que permite seu transporte com facilidade, reduzindo custos logísticos.

    Para chegar até o atleta, o engenheiro de produtos da Zissou levará o produto com o grupo "Segue o Hexa": nove brasileiros que estão seguindo o Brasil na Rússia por meio de um motorhome, veículo que simula uma casa ambulante.

    O embarque aconteceu nessa quinta-feira (28/06), após a vitória do Brasil com a Sérvia.

    — Por causa de sua tecnologia, o colchão Zissou é embalado a vácuo e prensado com uma chapa de 60 toneladas. Depois, é submetido a uma máquina, que o enrola para caber na caixa. Graças à sua composição, este processo preserva o produto, que retorna ao seu tamanho normal em duas horas após a abertura — explica Ilan Vasserman, sócio-fundador da empresa.

    Com uma composição única no Brasil, o colchão Zissou está presente em redes hoteleiras de luxo, como o Fasano. O produto deve chegar nas mãos de Marcelo até domingo (1º/07). Quais as seleções o Brasil pode ter pela frente se vencer o México pela Copa do Mundo Leia mais publicações sobre a Copa na Rússia 

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas