publicidade

Navegue por
Cacau

Incômodo

Nova poluição: caixinhas de som tiram o sossego de quem vai à praia

Compartilhe

Por Cacau Menezes
04/01/2019 - 05h30 - Atualizada em: 04/01/2019 - 05h30
Caxinha de som
(Foto: )

Essas caixinhas de som com bluetooth viraram um verdadeiro inferno nas praias. Cada grupo que chega traz a sua caixinha e o seu playlist, geralmente brega, e começa a guerra musical. Você, que foi à praia pra relaxar, fica no meio desse fogo cruzado, atordoado, torcendo pela chegada de um tsunami...

É verão!

Se vê de tudo nas praias lotadas desta Santa Catarina varonil. Por exemplo: está faltando gelo. As fábricas não estão dando conta de produzir a "água dura" na quantidade suficiente para atender a demanda. O jeito é levar de casa, de preferência no bolso pra ninguém roubar. Outra: tem gente metida a espertinha fixando guarda-sóis com cadeiras ao longo da areia para depois alugar aos frequentadores.

Na Barra da Lagoa botam até toalhas e bonés pendurados para parecer que tem gente. Na praia de Laranjeiras, em Balneário Camboriú, no domingo, dois turistas chegaram a ir para as vias de fato na disputa por um espaço. Sal, sol, sul e, às vezes, confusão. Mas tudo faz parte.

É o cara!

Paulo Guedes, novo ministro da economia, foi didático no discurso de posse. O ideal é fazer a reforma da Previdência logo. Mas se o Congresso Nacional não aprová-la, ficaremos dois anos com todas as despesas congeladas, vendo o crescimento vegetativo das receitas. Aí acertamos as contas. E o Congresso terá que ser o responsável pela montagem do orçamento. Para colocar ali, vai ter que dizer de onde tirar.

Hermanos de volta

A Decolar - maior agência de viagens online do Brasil e América Latina -, em parceria com prefeitura de Florianópolis, Floripa Convention e Floripa Airport, anuncia a chegada a partir de hoje, à Ilha que eles tanto adoram, de 28 voos fretados entre janeiro e fevereiro. O trecho Buenos Aires - Florianópolis será realizado cinco vezes por semana e é uma das maiores operações charters da Decolar. Os 28 fretados estão com todos os assentos vendidos.

Atração feminina

Em Lages, as mulheres não poderão mais ser usadas para atrair os homens para shows em casas noturnas. Explico: é que as boates ofereciam ingresso gratuito para as mulheres para que elas atuassem como chamariz. O Procon proibiu, alegando que a medida afronta a dignidade da pessoa humana. O interessante é que muitas mulheres consideram a entrada "free" não como desrespeito, mas como um privilégio. Vá entender.

Giassi

A Rede Giassi iniciou em Palhoça a construção de uma nova unidade do Combo Atacadista. A inauguração está programada para os próximos meses. Outra unidade será construída entre Içara e Criciúma. Em agosto, o Giassi já havia entregue uma loja em Araranguá.  

Trânsito

Problema causado na rodovia Mauricio Sirotsky Sobrinho que faz muita gente estender por Canasvieiras em mais 10 quilômetros seu trajeto pela SC-401 para chegar em Jurerê é causado por moradores de outras localidades e cidades que vão aos shows de fim de tarde no P12 e à noite no Stage Music Park.

No P12, por exemplo, a festa com Wesley Safadão na terça-feira teve 6  mil pessoas e no dia seguinte, 5 mil no Baile do Dennys. Sem falar no Fat Boys Slim na mesma noite no Stage Musc Park, todos indo e voltando de carro pelo mesmo acesso. Aliás, sexta-feira, mais do que nunca, a cidade parou. E vai parar para sempre se  providencias não forem tomadas pelas ditas "otoridades"  

Seleção do mundo

O tradicional jornal francês L'Équipe elegeu a seleção do mundo de 2018. A principal ausência foi Neymar, que, segundo o periódico, esteve contundido por três meses e fez uma Copa do Mundo decepcionante. Marcelo, do Real Madrid, foi o único brasileiro incluído na lista. Outros brasileiros que entraram no ranking dos indicados, mas não foram selecionados, foram os goleiros Alisson e Ederson, os sagueiros Thiago Silva e Marquinhos e o meia-atacante Philippe Coutinho.  

Saga familiar

Aproveitando a virada de ano, a administradora de empresas Roberta Olsen casou com o engenheiro Daniel Pasti Mioni numa cerimônia simples e restrita às famílias, em Floripa. Em fevereiro o casal seguirá para Trondhein, cidade norueguesa de onde partiu Gjert Olsen, em 1780, com o objetivo de chegar à São Francisco, na América do Norte. Só que a São Francisco que ele encontrou foi outra, a do Sul, em Santa Catarina, e assim começou a família Olsen no Brasil.

Já o pai da noiva, o empresário Cesar Olsen, seguirá em fevereiro para os Estados Unidos, dando o primeiro passo para consolidar um novo empreendimento, a Olsen América, sonho do patriarca Gjert que vai se concretizar por um de seus descendentes, 239 anos depois.

Esclarecimento

O mega-empresário catarinense Luciano Hang manda dizer que, ao contrário do que todos pensam, não era o seu helicóptero que causou euforia e medo entre turistas que viraram o ano em Balneário Camboriú, disparando lá de cima fogos de artíficios, conforme comentado quinta-feira por esta coluna, e sim um avião que não pertence à Havan. O acordado foi o seguinte: em troca do uso do heliponto da Havan, o dono da aeronave que soltou os fogos apenas divulgou a marca da varejista.  

Morar no mar

Para muita gente que leu quarta-feira a nota do Claudio Sabonete que está morando num iate com sua mulher, Shirley, ele fez o que 90% da cidade quer um dia fazer. Viver no mar, sem endereço fixo, filas de trânsito, prefeitura sem IPTU, som alto do vizinho, mudar de lugar sem CEP para aquelas indesejadas propagandas e com um visual ao acordar que deve ser dos deuses.  

Dia de cão

Quinta-feira foi o dia que todos, nativos e turistas, odiaram Floripa. Impossível alguém gostar de ficar horas e horas parado no trânsito num calor de 42 graus, com certeza o dia mais quente de todos os tempos na cidade. E acho que no Estado todo.  

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação