nsc
nsc

publicidade

Florianópolis

Pode ou não pode fazer evento no parque de Coqueiros?

Compartilhe

Cacau
Por Cacau Menezes
10/09/2019 - 06h05 - Atualizada em: 10/09/2019 - 06h02
(Foto: Marco Favero / Diário Catarinense)

Os donos de bares e restaurantes que participam da festejada rota gastronômica do bairro de Coqueiros tentaram conseguir na prefeitura o Parque de Coqueiros para o seu Festival Gastronômico marcado para os dias 19 e 20 de outubro, quando mais de vinte estabelecimentos vão oferecer seus principais pratos ao preço único de R$ 25, com direito a shows, bebidas, etc e tal. 

Não conseguiram: a resposta foi de que é proibido vender alimentos no parque. Mas logo em seguida foram pegos de surpresa ao serem convidados – ou intimados – para participarem de um evento com comida e bebida promovida pela própria prefeitura e no mesmo parque. 

Os donos dos estabelecimentos decidiram não aceitar o convite e ganharam da Globovel, ao lado do parque, o pátio ao ar livre para realizaram sua festa. 

Terror 

Dos mais altos no país, os preços das refeições nos restaurantes de Floripa podem ficar ainda mais caros. É o que avisa panfletagem nos restaurantes promovida pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em parceria com a Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral. O motivo? "O governo quer aumentar os impostos", argumentam querendo justificar o injustificável. Puro terrorismo. 

Haja saúde! 

Nesta segunda-feira (9), nem o ironman conseguiu não ser atingido pelo tempo, que começou com frio e nevoeiro em Floripa, no almoço com Sol forte já estava 29 °C e a noite caiu para 15°C. Foram as quatro estações num só dia. 

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade