publicidade

Navegue por
Cacau

Luto

Ricardo Boechat: um farol para o jornalismo

Compartilhe

Por Cacau Menezes
12/02/2019 - 05h00 - Atualizada em: 12/02/2019 - 05h00
Ricardo Boechat
(Foto: )

Em qualquer profissão, há pessoas que são referências, que servem de exemplo e farol, pela competência e pelo caráter.

No jornalismo, uma dessas referências era Ricardo Boechat, que faleceu tragicamente na segunda-feira (12) quando o helicóptero em que viajava caiu em São Paulo. Profissional que sempre mostrou competência e imparcialidade nos inúmeros veículos de comunicação pelos quais passou, entre eles o Grupo Globo, a Revista Istoé e a Rede Band de Televisão. A coluna só tem a lamentar.

Pródigo

O ano de 2019 mal chegou ao final do primeiro bimestre e já se mostra pródigo em tragédias.

Gringos

A impressão geral é que os argentinos não vieram neste ano para o Litoral. Se vieram, com certeza em menor número, fica fácil encontrá-los. Estão todos na praia Brava, no Norte da Ilha de SC. Quem andou por lá no final de semana saiu com a nítida impressão de que os brasileiros estão em minoria.

Novidade

Deu no jornal: Da balada ao dia a dia, maiô entra no guarda-roupa masculino como "peça política". Se tu dix...

Situação difícil

O Beco dos Milionários, antigo reduto exclusivo dos manezinhos bem nascidos em Canasvieiras, virou ponto de coisa ruim. Com direito a assalto à mão armada na praia e carros estacionados arrombados, principalmente se forem de argentinos, pois como estes quase nunca dão queixa, nem a polícia fica sabendo. E olha que várias casas também foram alvo de roubos e assaltos. Parte desses devem ser os mesmos que estão roubando os argentinos no centrinho.

Ou Floripa toma jeito e bota ordem na casa, ou a Capital Turística do Mercosul vai cada vez mais ser preterida na hora da escolha de turistas internacionais, basta ver o exemplo do Rio de Janeiro.

Green Valley

Green Valley tira a dúvida do leitor lageano Paulo Marques: "O DJ confirmado na programação de Carnaval do Club número 1 do mundo que aparece de óculos escuros nos materiais gráficos da festa é o australiano Fisher, e não o alemão Claptone. Ambos estão confirmados na programação do Green Valley, que conta ainda com o brasileiro Vintage Culture como headline. Além disso, da página oficial do DJ Claptone no Facebook, consta a apresentação no Club catarinense. Os greenlovers podem garantir os ingressos para curtir o melhor da música eletrônica mundial nos dias 2 e 4 de março no site Ingresso Nacional".

The best

A Praia de Itaguaçu se constitui atualmente na melhor união de restaurantes típicos manezinhos e a cozinha internacional, o que a consolida como via gastronômica diferenciada e de qualidade. Exemplo disso é a Rua das Palmeiras, onde a Toca do Paru e o Restaurante do Móca ganharam a companhia do excelente Kotaka que, dizem os assíduos frequentadores, seus sushis e onigiris são uma explosão de sabores.

Emergência

Camilo Martins, prefeito de Palhoça, é o primeiro da Grande Florianópolis com a coragem de decretar situação de emergência na mobilidade. A prefeitura também vai ingressar com uma ação civil pública cobrando soluções imediatas para melhorar o trânsito na região.

Bom emprego

A Betha abriu cerca de 50 vagas na área de tecnologia para o desenvolvimento da empresa, que fica localizado em Criciúma. São oportunidades para programadores, analistas de sistemas, de testes, de implantação e suporte, entre outras, com foco na assistência aos clientes da empresa, que vão migrar do modelo desktop para a nuvem neste ano. A contratação é imediata e tem vários benefícios.

Gregos

Sobre o novo restaurante grego inaugurado no fim de semana em Santo Antônio de Lisboa, Luiz Aurélio se sentindo feliz com a notícia, lembra que está há sete anos no Jardim Atlântico, em Barreiros, pioneiro com a mulher do primeiro bistrô grego com culinária típica daquele país, até os temperos. "Por lá já passaram grande parte de Florianópolis, até gente famosa e muitos amigos teus. Esperávamos até uma visita de você, pois trata-se de empreendimento da família do Grego e da Spiri, minha esposa. Toda a sua família ainda mora na Grécia".

Perdendo

Não é das melhores (depende do ponto de vista) a situação financeira de Adriano, o Imperador. Sem jogar desde 2016, está tendo que se acostumar com um estilo de vida de baixo padrão. Já vendeu uma lancha que tinha o seu apelido, Didico, por R$ 6 milhões, mesmo que o valor de mercado fosse bem maior. Agora, está tentando achar um comprador para uma mansão que tem em Milão. Seu jatinho, de R$ 3,5 milhões, foi emprestado para o cantor Alexandre Pires, livrando o jogador dos custos de manutenção.

Deixe seu comentário:

Cacau Menezes

Cacau Menezes

Cacau Menezes

A cara, o jeito e o sotaque de Floripa. O colunista da cidade, das pessoas que são destaque, dos bastidores decisivos e dos acontecimentos mais importantes.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação