publicidade

Carolina

Política

Governo começa a testar medidas da reforma tributária

Compartilhe

Por Carolina Bahia
10/08/2019 - 06h30 - Atualizada em: 10/08/2019 - 06h30

Está aberta a temporada dos balões de ensaio da reforma tributária. É aquele momento clássico em Brasília em que o governo testa a eficácia e a popularidade das medidas, antes de consolidar um texto e enviá-lo ao Congresso. A reedição da CPMF, maquiada ou fantasiada, é o melhor exemplo.

Apesar de ter um modelo em estudo na equipe econômica, a proposta foi imediatamente rechaçada e o próprio presidente Jair Bolsonaro negou que tenha intenção de relançar a contribuição. O mesmo serve para o novo Imposto de Renda, com a devida correção, mas sem as deduções nas áreas de saúde e educação.

De acordo com a resposta do empresariado, da opinião pública e as convicções da turma do ministro da Economia, Paulo Guedes, o Palácio do Planalto vai calibrando o texto. Na prática, existem três ideias de reforma tramitando. Na equipe de Bolsonaro, já tem até ministro apostando que não há possibilidade de votar as mudanças na área tributária ainda neste ano.

Deixe seu comentário:

publicidade