nsc
    nsc

    Presidência do Senado

    Por que Renan Calheiros desistiu da eleição para presidência do Senado

    Compartilhe

    Carolina
    Por Carolina Bahia
    03/02/2019 - 14h57 - Atualizada em: 03/02/2019 - 15h03
    Foto: Edilson Rodrigues

    Renan Calheiros (MDB-AL) sentiu que iria ser derrotado por Davi Alcolumbre (DEM-GO). Em meio a mais uma confusão em plenário, com uma primeira votação sob suspeita de fraude e um novo pleito em curso, Renan jogou a toalha

    Ele contava com os votos de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e de senadores do PSDB. Quando Flávio abriu voto para Alcolumbre, foi a gota d’água para Renan. Irritado, reclamou no microfone que o processo não era democrático. Levou uma vaia. Na sequencia, anunciou a retirada da candidatura. No plenário, senadores comentavam que a derrota do alagoano estava encaminhada. 

    Esse cenário quebra uma tradição de mais de 30 anos do MDB no comando do Senado. Renan, porém, não está morto. Vai brigar pela presidência da Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante do Senado. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas