nsc

publicidade

Análise política

Retorno da CPMF: um abacaxi para Bolsonaro descascar na volta ao trabalho 

Compartilhe

Carolina
Por Carolina Bahia
11/09/2019 - 04h20 - Atualizada em: 11/09/2019 - 04h18
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Marco Favero / BD)

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro se recupera da quarta cirurgia, a equipe econômica aproveita para testar a ideia de uma nova CPMF. Impopular e sem o apoio do Congresso, a volta de algo parecido com o antigo imposto do cheque caiu nas graças dos técnicos da Receita Federal, que identificam na medida uma maneira de aumentar arrecadação. Se Bolsonaro comprar essa ideia de seu Posto Ipiranga estará cometendo um erro político e econômico.

O ministro Paulo Guedes planeja em sua proposta de reforma tributária que saques e depósitos em dinheiro sejam taxados com uma alíquota inicial de 0,4%. Antes mesmo de ver o assunto na forma de projeto, deputados da base do governo já afirmaram que não aceitam. Bolsonaro, que sempre repudiou a volta da CPMF, retornará ao Palácio do Planalto com esse abacaxi para descascar.

Deixe seu comentário:

Carolina Bahia

Colunista

Carolina Bahia

O olhar de Santa Catarina no dia a dia da política nacional. O que acontece em Brasília e os feitos no Estado das decisões tomadas na capital do país.

siga Carolina Bahia

publicidade