nsc
    nsc

    Análise política

    Volta da CPMF: tentativa acabaria em derrota para o governo Bolsonaro

    Compartilhe

    Carolina
    Por Carolina Bahia
    04/09/2019 - 04h45
    (Foto: Evaristo Sá/AFP)

    Se o governo insistir em encaminhar para o Congresso algo parecido com a retomada da CPMF vai sofrer uma derrota arrasadora. Embora Câmara e Senado estejam dispostos a debater e votar uma reforma tributária, de uma maneira geral, deputados e senadores não querem pagar o preço de trazer de volta uma contribuição impopular e eliminada, no passado, pelo próprio parlamento.

    Mesmo travestida de mecanismo para compensar alívio na folha de pagamento, a nova CPMF chegará como aumento de carga tributária. Neste caso, nem o bolsonarista mais apaixonado é capaz de perdoar.

    A ideia, no entanto, seduz a equipe econômica porque é uma forma eficiente de incrementar a arrecadação. Questionado, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que para ter CPMF é preciso oferecer compensação para as pessoas.

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, não tem esse trunfo. Por isso mesmo, colocou o assunto na roda para medir a temperatura. Basta ter sensibilidade política para notar que não cola.  

    No fundo, no fundo...  

    Quem circula pela liderança do MDB na Câmara ouve que os deputados da bancada de Santa Catarina já afiançaram apoio à candidatura do deputado Baleia Rossi (SP) à presidência nacional do partido. Todos outros movimentos são apenas para agradar à torcida.  

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas