nsc
    nsc

    Bastidores

    Vereador Marcos da Rosa ganha força como candidato a vice-prefeito em 2020

    Compartilhe

    Clóvis
    Por Clóvis Reis
    10/07/2019 - 07h00 - Atualizada em: 10/07/2019 - 07h15
    Marcos da Rosa

    Recentemente empossado vice-presidente do DEM, o vereador Marcos da Rosa tornou-se figura central nas articulações para a disputa da prefeitura no ano que vem. Caso o ex-deputado João Paulo Kleinübing (DEM) não saia candidato – ele não diz que sim, nem que não – o vereador é um aliado cobiçado para a vaga de vice.

    O nome circula em diferentes rodas de conversas. Nos últimos dias, se tornaram insistentes as versões de uma suposta composição com o deputado estadual Ricardo Alba (PSL) com a bênção de JPK, mas ninguém confirma o acordo. O fato é que Rosa e Alba conversaram, ontem, na Assembleia Legislativa.

    Registros fotográficos da reunião circularam nas redes sociais. O encontro aparentemente amistoso colocou mais lenha na fogueira das especulações. Casado, pai, administrador e teólogo, pós-graduado em Gestão Pública, candidato com o maior número de votos em 2012 e 2016, o vereador já foi presidente da Câmara de Blumenau e prefeito interino em duas oportunidades.

    DIREÇÃO

    O vereador Professor Gilson ou o deputado Ismael dos Santos devem assumir a presidência do PSD, em Blumenau. A definição sairá nos próximos dias. A convenção está marcada para o fim do mês.

    OPOSIÇÃO

    O ex-vereador Diogo Santos (ex-PR) assumiu a presidência local do PRTB, o partido do vice-presidente Hamilton Mourão. Ele anuncia que a legenda terá candidato a prefeito e a vereador no ano que vem.

    Em recente reunião, o novo diretório descartou aliança com o prefeito Mário Hildebrandt (sem partido). O PRTB mantém conversas com PR, PSB, PSC e PV.

    APROVAÇÃO

    A CCJ do Senado aprovou a indicação da advogada Sandra Krieger Gonçalves para o Conselho Nacional do Ministério Público. A matéria segue agora para o plenário, para a posterior nomeação pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). A posse no cargo está prevista para setembro. Doutora em Direito, a advogada é professora da Furb e conselheira federal da OAB pela seccional de SC.

    RECOMEÇO

    O médico Mário Kato (sem partido) pode ser o candidato da frente de esquerda para a disputa da prefeitura. Ele teve atuação destacada na recente greve dos funcionários da prefeitura.

    O lançamento de uma candidatura oriunda do movimento sindical é parte da estratégia da esquerda de reaproximação com os movimentos sociais.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas