nsc

publicidade

Luz

Apagão deixa 50 mil imóveis sem luz em Itajaí, Camboriú e Balneário Camboriú

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
19/11/2019 - 22h10 - Atualizada em: 20/11/2019 - 10h18
Subestação da Celesc em Itajaí (Foto: Celesc/Divulgação)
Subestação da Celesc em Itajaí (Foto: Celesc/Divulgação)

Uma pane na subestação da Celesc no Bairro Fazenda, em Itajaí, deixou cerca de 50 mil unidades consumidoras sem luz nesta terça-feira à noite. O apagão atinge parte da região Sul de Itajaí, Balneário Camboriú e Camboriú.

Gerente regional da Celesc, Pedro Molleri disse que a causa da interrupção na transmissão de energia da subestação foi um problema em um transformador.

A Celesc está fazendo manobras na rede elétrica para reativar a energia e reduzir o número de imóveis sem luz ao longo da rede. Por enquanto, não há previsão de restabelecimento total do abastecimento.

Em Itajaí o apagão atinge o Centro, Fazenda, Cabeçudas, Praia Brava, Canhanduba e Rio do Meio. Em Balneário Camboriú foram atingidos os bairros Praia dos Amores, Municípios, Estados, Nações e Pioneiros. Já em Camboriú falta luz no Monte Alegre, Conde Vila Verde, Várzea do Ranchinho e Taboleiro.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​​​​

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade