nsc
    nsc

    Eleições 2020

    As prioridades nos planos de governo dos candidatos a prefeito de Itajaí

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    16/10/2020 - 18h51 - Atualizada em: 18/10/2020 - 08h08
    Itajaí
    Itajaí (Foto: Marcos Porto, Divulgação)

    Os planos de governo protocolados pelos candidatos a prefeito de Itajaí no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indicam qual a prioridade que cada um deles escolherá na condução de políticas públicas, se eleito – e mostram o quanto a pandemia do novo coronavírus dialoga com estas Eleições municipais.

    > Saiba quem são os candidatos a prefeito em Itajaí nas Eleições 2020

    > Qual o patrimônio declarado pelos candidatos a prefeito de Itajaí no TSE

    Ações de recuperação econômica para enfrentar a crise causada pela Covid-19 aparecem entre as prioridades dos planos de governo de pelo menos dois dos cinco candidatos. Inovação, planejamento e reforma administrativa também estão entre os pontos prioritários.

    Principais pontos do plano de governo (*)

    João Vechi (PT)

    Professor universitário e ex-vereador em Itajaí, João Vechi protocolou junto ao TSE um plano de governo intitulado “Itajaí mais humana”. O principal eixo condutor de suas propostas é a geração de renda e a instituição de renda mínima, como forma de enfrentar a crise pós-pandemia. A maior fatia do plano de governo trata sobre ações de transparência, modernização administrativa e gestão participativa.

    Osvaldo Mafra (Solidariedade)

    O plano de governo do candidato, que é ex-vereador e já foi deputado federal, traz como prioridade investir em uma reforma administrativa. Ele sugere reduzir o secretário para sete nomes, e nomear 177 cargos comissionados. Afirma que a medida trará economia de R$ 50 milhões aos cofres públicos. A reforma administrativa é o item que ocupa a maior parte do plano de governo apresentado por Mafra.

    Patrick Dauer (Avante)

    O candidato estreante nas eleições municipais tem como principal destaque do plano de governo a construção de uma ponte para ligar Itajaí e Navegantes sobre o Rio Itajaí. Parte dos recursos, de acordo com a proposta, virá de reforma administrativa para enxugar a máquina pública. O candidato também se debruça sobre iniciativas de tecnologia na gestão pública e incentivo ao empreendedorismo.

    Robison Coelho (PSDB)

    O principal eixo do plano de governo é a retomada econômica. Portuário e vereador, o candidato propõe linhas de crédito com juro zero para ajudar empresas em dificuldade devido à pandemia. As ações prioritárias envolvem articulação para garantir os interesses da cidade no leilão do Porto de Itajaí, melhora no abastecimento de água e uma nova concessão de transporte coletivo.

    Volnei Morastoni (MDB)

    O atual prefeito de Itajaí, que está em busca da reeleição, dedica a maior fatia do plano de governo à continuidade do planejamento estratégico e às obras previstas. Outros pontos destacados são o Porto de Itajaí e desenvolvimento econômico, com incentivo a novas empresas e à geração de emprego. O plano também ressalta a ampliação e humanização da saúde, escola em tempo integral e ampliação da guarda municipal.

    (*) em ordem alfabética, e de acordo com o plano protocolado junto ao TSE, e as informações pretadas pelos candidatos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas