Os últimos dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), feito pelo IBGE, trazem Itajaí, Joinville e São José na liderança do ranking de novas vagas de emprego durante o mês de maio. O índice de empregabilidade coincide com o PIB – Itajaí e Joinville lideram o ranking geral da economia catarinense.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

O número de vagas geradas foi comemorado pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam), que acompanha a divulgação do Caged. Santa Catarina tem um índice de empregabilidade maior do que a média nacional. Em Itajaí foram 768 novos empregos, em Joinville 663 e São José 490. Juntas, as três cidades foram responsável por 44% dos empregos gerados no estado.

Veja as campeãs na empregabilidade:

Continua depois da publicidade

No somatório das vagas, as atividades administrativas – de prestação de serviço – foram as que mais contrataram. Entre elas, estão locação de mão-de-obra temporária, seleção e agenciamento de mão-de-obra, atividades de vigilância e segurança privada, outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas não especificadas, fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros, e serviços combinados de escritório, por exemplo. 

Logo após serviços vêm a indústria – forte em Joinville – e o comércio. O único setor que teve índice negativo, com mais demissões do que admissões foi o agro, o que coincide com a sazonalidade das safras.

A Fecam avalia que o desempenho é um reflexo do esforço das administrações municipais, focadas em desenvolvimento econômico e geração de oportunidades.

Destaques do NSC Total