nsc
    nsc

    publicidade

    Litoral Norte

    Criança e homem morrem afogados em Itapema

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    31/10/2019 - 10h46 - Atualizada em: 31/10/2019 - 11h51
    Bombeiros fazem buscas por jovem desaparecido em Itapema (foto: Divulgação 13BBM)
    Bombeiros fazem buscas por jovem desaparecido em Itapema (foto: Divulgação 13BBM)

    A combinação entre calor e mar agitado, nesta quarta-feira (30), provocou três afogamentos em Itapema. Um menino de oito anos e um jovem de 22 anos morreram. A mãe, que estava com ele, foi resgatada pelos Bombeiros e passa bem.

    Os afogamentos ocorreram em pontos diferentes da orla, no fim da tarde, com diferença de cerca de uma hora entre um e outro. O primeiro caso foi o do menino, que se afogou na Meia Praia. Ele foi resgatado pelos guarda-vidas e socorrido pela equipe médica do Samu e do helicóptero Arcanjo.

    O estado de saúde era grave – a criança teve uma parada cardiorrespiratória, e passou por procedimentos de ressuscitação. O menino foi levado ao Hospital Joana de Gusmão, mas não resistiu.

    Risco no costão

    Enquanto a equipe de praia atendia o menino, foi alertada de outro afogamento na Praia da Ilhota, junto ao costão. Mãe e filho, um jovem de 22 anos, estavam sobre as pedras quando foram atingidos pelas ondas, caíram e foram arrastados pelo mar.

    A mãe foi resgatada, e o rapaz havia sumido no mar. O corpo do jovem foi localizado pelos bombeiros no fim da manhã desta quinta-feira e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú.

    Major Maico Alcântara, do 13º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militares, diz que as condições do mar na quarta-feira eram ruins. Segundo ele, o vento forte aumenta a força das ondas e das correntes de retorno, que provocam os arrastamentos.

    Postos em ativação

    Os postos guarda-vidas ainda não estão totalmente ativados em Santa Catarina. Na região, apenas a Praia Central de Balneário Camboriú está com todos os postos ativos no momento.

    Em Itapema, havia um posto aberto na quarta-feira. O número aumenta nos finais de semana, segundo os Bombeiros. Major Alcântara explica que a ativação é gradativa, conforme se aproxima a temporada de verão.

    Os Bombeiros recomendam que, neste período de pré-temporada, os banhistas procurem ficar próximos dos postos que estão em atividade, para reduzir o tempo de resposta em caso de afogamento. E que procurem se informar com os guarda-vidas sobre as condições do mar.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade