nsc
    nsc

    Agrotóxicos

    Do mesmo lado: o que o governador Carlos Moisés tem em comum com a Bela Gil

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    19/02/2020 - 13h56 - Atualizada em: 20/02/2020 - 10h11
    Bela Gil (foto: Bruna Buatim, Divulgação)
    Bela Gil (foto: Bruna Buatim, Divulgação)

    Esta semana a musa da alimentação saudável, Bela Gil, aderiu a uma campanha nas redes sociais pela taxação dos agrotóxicos no Brasil. O movimento, iniciado pela ONG internacional Greenpeace, alerta para o fato de que o governo brasileiro incentiva o uso de defensivos agrícolas ao permitir que estejam isentos de impostos – em alguns casos, substâncias proibidas em outras partes do mundo porque fazem mal à saúde.

    A campanha abraçada pela apresentadora do canal GNT é um chamado para acompanhar como será a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (19), sobre a constitucionalidade dessa isenção fiscal. Os ministros vão avaliar, basicamente, se faz sentido o governo abrir mão de impostos de um produto que, em tese, pode trazer problemas à saúde – e mais gastos públicos – a médio prazo.

    A ação é de total interesse do governador Carlos Moisés (PSL), que no ano passado comprou briga com produtores rurais – e boa parte dos deputados – ao propor o fim dos incentivos fiscais aos agrotóxicos no Estado. A pressão foi grande, e o governo recuou. Reapresentou a proposta com o “pé no freio”, com tributação escalonada de acordo com o potencial que cada defensivo tem de agredir o meio ambiente.

    As críticas ao projeto do Governo do Estado basearam-se, especialmente, no risco de Santa Catarina perder mercado, uma vez que outros estados praticam o mesmo tipo de incentivo. Uma decisão do STF que considere o benefício inconstitucional, em todo o país, pode afastar de Moisés a mira dos produtores rurais.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas