nsc
    nsc

    Coronavírus

    Florianópolis vira exemplo nacional na gestão da pandemia ao tomar caminho inverso

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    15/06/2020 - 06h14 - Atualizada em: 16/06/2020 - 06h25
    Florianópolis
    Florianópolis

    Em meio ao negacionismo e à pressa de reabrir a economia, que deram a tônica da condução da pandemia no Brasil, Florianópolis virou notícia nacional ao seguir o caminho inverso. A capital de SC tem sido apontada como exemplo na gestão da crise sanitária – um trabalho que resultou em 32 dias seguidos sem registrar nenhum óbito por covid-19.

    O prefeito Gean Loureiro soube aproveitar as brechas dadas pelo Estado para que os municípios conduzissem a pandemia. Enquanto prefeituras emitiam decretos menos restritivos para peitar o governador Carlos Moisés, Florianópolis apertava as regras. Em abril, quando o Estado autorizou a reabertura do comércio, a Capital foi a única cidade a manter lojas de portas fechadas.

    O padrão se repete, agora, com a reativação do transporte público, que em Florianópolis está prevista para o dia 17 – embora esteja autorizada pelo Estado desde a última segunda-feira (8). A cidade terá protocolos extras, como um sistema de QR Code para check in dos passageiros, que permitirá rastrear eventuais contaminados. O retorno está condicionado às estatísticas: se os números subirem, os ônibus não voltam.

    O aviso foi feito por Gean em um vídeo, nas redes sociais, em que ele alerta que não é hora de “bobear”. Claro e direto. O tom lembra o dos prefeitos italianos, que apelavam para que a população ficasse em casa durante o auge da pandemia no país europeu. E destoa da maioria dos gestores brasileiros, que têm apostado em destacar os resultados positivos das políticas públicas – inclusive o Governo do Estado.

    As medidas mais rígidas suscitam críticas e encorajam pressões. Os resultados de Florianópolis, no entanto, têm mostrado que a pandemia responde às restrições. E, na prática, poderão levar a Capital a uma retomada mais segura e perene. Se também refletirão em capital político, o tempo dirá.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas