nsc
nsc

Portos

Governo federal apresenta nesta terça plano de privatização do Porto de Itajaí

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
10/11/2020 - 09h43 - Atualizada em: 10/11/2020 - 09h48
Porto de Itajaí
Porto de Itajaí (Foto: Divulgação)

O plano de privatização do Porto de Itajaí será apresentado nesta terça-feira (10) à tarde, em Brasília, no Ministério da Infraestrutura. A reunião começa às 14h, com a presença do ministro Tarcisio Gomes de Freitas.

> Decreto de Bolsonaro inclui o Porto de Itajaí no programa de privatização

O superintendente do Porto de Itajaí, Marcelo Salles, participará do evento como convidado. A expectativa dele é que seja apresentado o andamento da proposta por parte da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), que é responsável pelo plano de privatização.

> Como o leilão do Aeroporto de Navegantes vai levar o terminal a 30 anos de atraso

Entre os temas da reunião devem estar o cronograma de trabalhos e o diagnóstico do terminal, que movimentou em outubro 53 mil TEUs – medida que equivale a contêineres de 20 pés. Entre janeiro e setembro, a movimentação no Porto de Itajaí aumentou 12% em relação a 2019, com mais de 1 milhão de TEUs.

O Porto de Itajaí deve ser leiloado no segundo semestre de 2022. A expectativa da autoridade portuária é que o governo mantenha alguma gerência do município sobre o terminal, apesar da privatização – o porto é o único municipalizado do país, e já tem a operação arrendada à iniciativa privada.

Apesar dos bons resultados, o Porto de Itajaí depende de investimentos para que se mantenha competitivo. Isso inclui a ampliação da retroárea, que está em fase de desapropriações, e a continuidade das obras da nova bacia de evolução. A segunda etapa da obra, estimada em R$ 200 milhões, é responsabilidade do governo federal.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas