nsc
nsc

Inusitado

Isolamento radical: casal acampou na mata em Balneário Camboriú para fugir do coronavírus

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
12/04/2020 - 11h59
Fumaça causada pelo acampamento no Morro da Aguada, em Balneário Camboriú (foto: Reprodução)
Fumaça causada pelo acampamento no Morro da Aguada, em Balneário Camboriú (foto: Reprodução)

Em tempos de pandemia, uma das ocorrências mais inusitadas atendidas pelas forças de segurança na região foi a localização de um casal, que acampou em meio à mata fechada no Morro da Aguada - o morro do teleférico, em Balneário Camboriú. Eles foram descobertos no fim de semana passado, depois de acenderem uma fogueira.

A fumaça chamou atenção das pessoas na Barra Sul, que denunciaram aos Bombeiros. A Polícia Militar deu apoio à ocorrência, e encontrou o acampamento cerca de 200 metros mata adentro. A PM chegou a suspeitar que a mulher estivesse em cárcere privado, mas ela garantiu ter acampado por vontade própria.

Explicou que, desde que as notícias sobre a pandemia do novo coronavírus começaram a surgir, o casal achou mais prudente isolar-se em meio à natureza. Os dois foram orientados pelos Bombeiros e a PM de que as queimadas são proibidas.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas