nsc
nsc

Amazônia

Jorginho Mello contesta afirmações de delegado em entrevista à Globonews

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
15/06/2022 - 14h51
Delegado Saraiva e senador Jorginho Mello
Delegado Saraiva e senador Jorginho Mello (Foto: Montagem, Reprodução)

O senador Jorginho Mello emitiu uma nota, nesta quarta-feira (15), em que contesta as afirmações do delegado da Polícia Federal Alexandre Saraiva, em entrevista à Globonews, um dia antes. Jorginho diz que nunca apoiou a extração ilegal de madeira e que sua única participação no tema ocorreu a pedido de empresários catarinenses, que tiveram cargas de madeira retidas – posteriormente liberadas.

Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

Ele também questionou a fala do delegado sobre ter sido atacado por parlamentares quando participou de audiência no Senado. 

Veja a nota na íntegra:

"Sobre a entrevista do delegado da Policia Federal, Alexandre Saraiva no programa Estúdio I da Globo News, o senador Jorginho Mello esclarece que sua participação nesse tema foi única e exclusivamente direcionada a solucionar um problema voltado a empresários catarinenses; com quem se reuniu, em relação à apreensão de madeiras suspostamente ilegais que foram equivocamente retidas, pois as mesmas foram extraídas legalmente. Tanto assim que as madeiras foram liberadas com o aval da Polícia Federal e do Ibama. O senador Jorginho Mello nunca apoiou a extração ilegal de madeiras. Além do mais, Mello não participou da referida audiência pública que ocorreu na Câmara dos Deputados e nunca fez nenhum tipo de ofensa ao delegado. Isso posto, vamos analisar se acionamos a advocacia do Senado para entrar com ação contra o delegado".

O delegado Alexandre Saraiva disse que as ações de combate aos desmatamentos ilegais são prejudicadas porque parlamentares governistas estão sendo "financiados por madeireiros". Ele citou nominalmente o senador Jorginho Mello e disse que deputados e senadores formam uma “bancada do crime”. O senador catarinense diz que vai processar o delegado pelas afirmações.

Receba minhas publicações no NSC Total pelo Whatsapp - https://bit.ly/3PFMHCS

Se preferir, participe do meu canal do Telegram e o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais:

“BolsoGean” afasta eleitor progressista e fará Gean Loureiro disputar voto bolsonarista​

​PT e PSB admitem dificuldade para repetir dobradinha Lula-Alckmin em SC​

Vice-prefeito de Balneário Camboriú é pressionado a renunciar após foto em procissão

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas