nsc
    nsc

    Liminar

    Justiça proíbe demolição do prédio do Herbário Barbosa Rodrigues em Itajaí

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    22/10/2019 - 14h35
    Herbário Barbosa Rodrigues (foto: Lucas Correia, Arquivo NSC)
    Herbário Barbosa Rodrigues (foto: Lucas Correia, Arquivo NSC)

    A juíza Sônia Moroso Terres, da Vara da Fazenda Pública de Itajaí, atendeu ao pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e concedeu uma liminar que proíbe a administração do Herbário Barbosa Rodrigues de fazer qualquer alteração no imóvel, incluindo obras de demolição e ampliação. A prefeitura de Itajaí e o Governo do Estado também não poderão emitir licença para modificações no prédio, sob pena de multa de R$ 5 mil por dia.

    O prédio, que abriga a maior coleção da flora catarinense, com mais de 70 mil espécies, é alvo de ação civil pública de tombamento como patrimônio histórico. A ação, proposta pelo MPSC, inclui o tombamento do acervo, que foi coletado pelo padre Raulino Reitz e reunido no Herbário a partir da década de 1940.

    A promotoria pediu a liminar depois que veio à tona informação de que a administração do Herbário estaria avaliando uma permuta para construção de um edifício no local. Na decisão, no entanto, a juíza destaca que não há impedimento para a venda ou permuta do imóvel – desde que o novo proprietário tenha conhecimento de que existe a ação civil pública, e se comprometa a cumprir a decisão final sobre o processo.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas