publicidade

Navegue por
Dagmara

Ação do CRM

Justiça proíbe dentista de ministrar curso sobre terapia antienvelhecimento em Balneário Camboriú

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
05/04/2019 - 15h53 - Atualizada em: 05/04/2019 - 15h53

A 2ª Vara da Justiça Federal de Florianópolis emitiu uma liminar que proíbe um dentista de ministrar curso sobre terapia à base de hormônios em Balneário Camboriú. O juiz federal Leonardo Cacau Santos La Bradbury aceitou o argumento do Conselho Regional de Medicina (CRM), que alegou que somente médicos podem indicar e executar esse tipo de intervenção. O dentista ainda pode recorrer.

O curso de modulação hormonal estava marcado para este fim de semana (6 e 7 de abril). De acordo com o CRM, o objetivo da terapia é retardar o envelhecimento – mas, em nota, o conselho afirma que não há efeitos comprovados.

Na decisão, o juiz afirma que Em seu despacho, o juiz disse que “o réu está atuando em área diversa da qualificação que possui, praticando ato privativo de médico em detrimento da saúde pública”. Completou afirmando que “não há evidências científicas dos benefícios e dos riscos e malefícios que trazem à saúde", e que se trata de "atuação profissional irregular”.

O presidente do CRM/SC, Marcelo Linhares, comemorou a decisão judicial.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

dagmara.spautz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação