nsc
    nsc

    Acidente de trânsito

    Morre em Camboriú o ex-prefeito Edson Olegário

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    09/10/2019 - 05h49 - Atualizada em: 09/10/2019 - 11h01
    Edson Olegario, Divulgação
    Edson Olegario, Divulgação

    Atualização: o enterro ocorrerá às 9h desta quinta-feira (10), no cemitério do Centro de Camboriú.

    O ex-prefeito de Camboriú, Edson Olegário, o Edinho, morreu em um acidente de trânsito na madrugada desta quarta-feira quando voltava de seu sítio, na zona rural da cidade. O carro que ele dirigia bateu contra um poste. Ele completaria 57 anos nesta quarta-feira (9).

    Edinho administrou Camboriú entre 2005 e 2008. Ele deixa mulher e três filhos. O velório do ex-prefeito começa às 8h, no Pavilhão do Gideões Missionários da Última Hora, anexo à Igreja Assembléia de Deus. O sepultamento, que inicialmente ocorreria às 17h desta quarta, foi transferido para 9h de quinta-feira.

    A prefeitura de Camboriú emitiu nota de pesar e solidariedade à família de Edinho. O prefeito Elcio Kuhnen decretou três dias de luto.

    Julgamento

    Edinho seria julgado em juri popular no dia 31 deste mês. Ele foi acusado pelo Ministério Público de ter sido o mandante da morte de Eneri Antônio Souza, irmão do ex-vereador Ângelo de Souza, em 2008. Para a polícia, o alvo do atentado seria o vereador - o irmão morreu por engano. O ex-prefeito, que chegou a ser preso em 2010, dizia ser inocente das acusações.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas