A OAB/SC informou à Superintendência da Polícia Federal no Estado sobre uma pesquisa falsa para as eleições presidenciais da entidade, que tem circulado entre advogados. Na segunda-feira será protocolada notícia crime para apurar e punir os autores da fraude.

Continua depois da publicidade

> Conversa entre juiz de Joinville e assessora com deboche sobre caso é publicada em sentença

Nos últimos dias, advogados de todo o Estado têm recebido ligações de uma suposta pesquisa eletrônica. Uma gravação pede que digitem se estão aptos a votar nas eleições para presidente da OAB, e em quem votariam.

O Colégio de Presidentes de Subseções e o Conselho Pleno da OAB/SC informam que a OAB não está realizando pesquisas eleitorais com a advocacia catarinense, e que a fraude usa o nome da Seccional para fins eleitoreiros.

> A pedido de SC, Justiça terá que gravar em vídeo audiências em todo o país

Continua depois da publicidade

Em nota à coluna, o comando da OAB no Estado diz lamentar que “em plena crise e enquanto a maioria da advocacia está preocupada em superar a pandemia, existam pessoas mal intencionadas usando o nome da instituição para interesses políticos”.

A OAB/SC orienta os advogados a não prestarem informações à falsa pesquisa eleitoral.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz – NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Destaques do NSC Total