nsc

publicidade

Dagmara

Operação The Wall

Polícia cumpre 24 mandados de prisão por tráfico internacional nos portos de Santa Catarina

Compartilhe

Por Dagmara Spautz
27/08/2019 - 08h26 - Atualizada em: 27/08/2019 - 18h31
Foto: Fabiano Correia, Arquivo Pessoal
Foto: Fabiano Correia, Arquivo Pessoal

Uma operação conjunta da Polícia Federal e da Receita Federal cumpre, na manhã desta terça-feira (27), 24 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão em Itajaí, Balneário Camboriú, Blumenau, Balneário Piçarras e Ilhota.

O alvo é um grupo criminoso que, segundo a polícia, é responsável pelo envio de drogas para o exterior por meio dos portos de SC.

Pelo menos duas cargas foram identificadas, ao longo das investigações: um carregamento de 1,7 tonelada de cocaína, que foi interceptado no porto de Antuérpia, na Bélgica, em 12 de dezembro do ano passado, e mais 558 quilos que estavam prontos para o embarque na Portonave, em Navegantes, em abril deste ano.

A operação recebeu o nome de The Wall, porque a carga era camuflada em meio a tijolos que formavam uma “parede” dentro do contêiner.

Cocaína entre os tijolos, encontrada na Bélgica
Cocaína entre os tijolos, encontrada na Bélgica
(Foto: )

Contaminado no transporte

As investigações indicam que o grupo atuava na cadeia logística portuária, com o transporte de contêineres. A polícia acredita que a carga, contratada legalmente, era desviada no caminho até o porto. O contêiner era aberto e recebia a droga, camuflada.

O delegado Oscar Biffi, chefe da Delegacia da Polícia Federal de Itajaí, diz que o mais provável é que tanto o exportador, que pagou pelo envio do contêiner para o exterior, quando o importador, não tinham conhecimento de que a carga havia recebido o carregamento de cocaína.

A operação, nesta manhã, envolve 150 policiais federais, com apoio de agentes da Receita Federal e cães farejadores. A polícia busca, além de drogas e armas, também bens que teriam sido adquiridos com lavagem de dinheiro, como veículos.

Operação em Santos

A Operação The Wall ocorre simultaneamente à Operação Alba Vírus, coordenada pela Polícia Federal em Santos (SP), que cumpre 42 mandados de busca e apreensão e 18 de prisão temporária, além do sequestro de R$ 23 milhões em imóveis.

Parte do grupo identificado em Santa Catarina também atuava em parceria com a organização criminosa paulista, por isso há mandados sendo cumpridos em Itajaí e Balneário Camboriú. Outros mandados são dos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Bahia. O grupo atuava enviando drogas por exterior por meio do Porto de Santos.

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

dagmara.spautz@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade