nsc
    nsc

    Operação Epagoge

    Polícia Federal cumpre mandado de busca em apartamento de luxo em Balneário Camboriú

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    30/01/2020 - 08h47
    Mandados foram cumpridos no Paraná, Santa Catarina e em São Paulo (foto: Reprodução, Polícia Federal)
    Mandados foram cumpridos no Paraná, Santa Catarina e em São Paulo (foto: Reprodução, Polícia Federal)

    A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (30), um mandado de busca e apreensão em um apartamento de alto padrão em Balneário Camboriú. O imóvel é de veraneio e pertence ao líder de um grupo investigado, no Paraná, por fraudes em licitações. No momento em que o mandado foi cumprido, não havia ninguém no apartamento.

    O mandado faz parte da Operação Epagoge, deflagrada pela PF em Curitiba (PR), em cooperação com o Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União (CGU). Além de Balneário Camboriú, foram cumpridos mandados de busca e apreensão no Paraná, nas cidades de Curitiba, Piraquara e Guaratuba, e também em São Paulo (SP).

    Epagoge, o nome da operação, significa, em grego, indução. As investigações iniciaram em 2015, a partir da suspeita de que empresas que pertencem ao mesmo grupo entravam juntas nas licitações e manipulavam preços, para que uma delas saísse vencedora. A fraude, segundo a polícia, ocorreu principalmente na compra de eletrônicos pelo poder público.

    No inquérito, a Polícia Federal identificou que algumas das empresas investigadas funcionavam no mesmo endereço. Segundo dados da CGU, as empresas do grupo firmaram, entre 2010 e 2019, contratos com o Poder Público em valores que ultrapassaram R$ 60 milhões.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas