nsc
nsc

Entrega oficial

Polícia Militar já pode circular com Porsche e Mercedes transformados em viaturas

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
26/11/2019 - 15h14 - Atualizada em: 26/11/2019 - 15h39
Porsche, Camaro e Mercedes fazem parte da frota da PMSC (foto: Divulgação)
Porsche, Camaro e Mercedes fazem parte da frota da PMSC (foto: Divulgação)

A Polícia Militar fez a entrega oficial de um Porsche Cayenne e um Mercedes-Benz C63S para serem usados como viaturas, nesta terça-feira (26). Os dois carrões foram apreendidos em uma operação de combate ao tráfico de drogas. Pertenciam a um foragido de Goiás, que vivia uma vida de milionário em Santa Catarina. Ele foi preso em fevereiro do ano passado, quando dirigia o Porsche pela Avenida do Estado, em Balneário Camboriú.

A entrega ocorreu durante a cerimônia de passagem de comando da 3ª Região de Polícia Militar (RPM), em Balneário Camboriú, ao coronel Evandro de Andrade Fraga. Substitui o coronel Ronaldo Oliveira, que segue para a reserva. Durante o evento, também houve promoção de praças e oficiais da PM e do Corpo de Bombeiros Militar (CBM). Cinco praças e dois oficiais foram promovidos.

Porsche da PM indica que veio do tráfico de drogas
Porsche da PM indica que veio do tráfico de drogas
(Foto: )

Nas ruas (mas nem tanto)

As viaturas "de luxo" da PM foram entregues pelo subcomandante-geral da PMSC, coronel Cláudio Koglin, e pelo comandante da Polícia Rodoviária Estadual (CPMR), coronel José Evaldo Hoffmann Júnior. O Porsche ficará no 12º Batalhão, em Balneário Camboriú. O Mercedes será usado pela Polícia Militar Rodoviária.

Os dois carrões terão função de "embaixadores" da Polícia Militar. Participarão de ações especiais de aproximação com a comunidade - nada de operações ou perseguições na lista de atividades.

A explicação é simples: além do gasto extra com o combustível, já que os carros consomem acima do padrão das viaturas, eles estão com a PM por meio de um "empréstimo": uma autorização especial da Justiça para que sejam usados. Antes de serem cedidos à polícia, passaram quatro vezes por leilão judicial, sem sucesso.

Patrocinados

O único custo da PMSC com as superviaturas é a gasolina. As lavações semanais, revisões mecânicas, adesivagem e iluminação das viaturas são oferecidas por "amigos da instituição" - empresas que doam o serviço à polícia.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Últimas do colunista

Loading interface...
Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas