nsc

publicidade

Viaturas de luxo

Porsche e Mercedes avaliados em R$ 700 mil vão virar viaturas da Polícia Militar em SC

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
11/09/2019 - 10h07 - Atualizada em: 11/09/2019 - 19h45
Foto: Divulgação PMSC
Foto: Divulgação PMSC

A Justiça autorizou a Polícia Militar a usar dois carros de luxo apreendidos em Balneário Camboriú, que seriam levados a leilão. O 12º Batalhão e a Polícia Militar Rodoviária receberão, respectivamente, um Porsche Cayenne e um Mercedes modelo E63. Juntos, os dois carrões valem quase R$ 700 mil.

Ambos pertenciam a um foragido de Goiás, acusado de chefiar o tráfico de drogas naquele Estado, que vivia uma vida de milionário em Santa Catarina. Ele foi preso em fevereiro do ano passado, quando dirigia o Porsche pela Avenida do Estado, em Balneário Camboriú.

Os dois veículos estavam parados desde então, enquanto a Justiça decidia o que fazer com eles. A decisão da 1ª Vara Criminal, de ceder os carros à policia, foi para evitar que deteriorassem com o tempo.

A Justiça já havia tentado leiloar os veículos, mas não apareceram interessados. A cessão para uso na segurança pública, por enquanto, é provisória.

Camaro virou "garoto-propaganda"

Não é a primeira vez que a PM incorpora carrões de luxo em Balneário Camboriú. O 12º Batalhão foi o primeiro no país a ter autorização judicial para usar um Camaro apreendido. O carro, plotado como uma viatura, virou o “relações públicas” da PM.

- É o nosso garoto-propaganda. Usamos em situações especiais, como na chegada dos cruzeiros. Ele também é levado para outras cidades no Estado, aproxima muito a polícia da comunidade – diz o comandante do Batalhão, tenente-coronel Alexandre Coelho Vieira.

Camaro da PMSC
Camaro da PMSC
(Foto: )

De fato, o Camaro ganhou status de atração turística em Balneário Camboriú. O uso restrito não é apenas para protegê-lo de danos, mas também pelo custo,embora a PM só pague o combustível. O restante é bancado pela iniciativa privada.

Uma empresa fez a manutenção após a liberação de uso pela Justiça, outra cedeu o giroflex e a sirene, outra ainda fez o envelopamento. Tudo de graça. A manutenção periódica é bancada por uma concessionária de Balneário Camboriú.

Parceria público-privada

Os dois novos carrões estão seguindo o mesmo caminho. O Porshe, que ficará com o 12º Batalhão, já foi encaminhado à empresa que faz a envelopagem gratuita. A expectativa do comandante é que, semana que vem, ele receba a sirene e o giroflex, e esteja pronto para o uso.

O Mercedes ficará com a Polícia Militar Rodoviária, e já foi "adotado" por um empresário do ramo na Grande Florianópolis. O carro já está em fase de manutenção. Segundo o comandante da corporação, coronel Evaldo Hoffmann, a ideia é que ele seja usado em um novo projeto, voltado à educação. A PMRV está propondo um modelo semelhante ao do Proerd, mas direcionado ao trânsito, para ser levado às escolas de Santa Catarina. A estreia deve ocorrer em março do ano que vem, tendo o carrão de luxo como "embaixador".

Com uma frota desse quilate, a PM de Santa Catarina já pode ser considerada a mais bem equipada do país. Se o assunto é luxo, não é páreo para mais ninguém.

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade