nsc
    nsc

    primeiro do BR

    Prefeitura de Camboriú negocia área de apoio às operações do porto de cruzeiros de Balneário 

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    03/10/2019 - 19h36 - Atualizada em: 03/10/2019 - 21h03
    Projeto do BC Port (Foto: Reprodução)
    Projeto do BC Port (Foto: Reprodução)

    O prefeito de Camboriú, Elcio Kuhnen (MDB), assinou nesta quinta-feira (3) declaração de apoio ao projeto de BC Port – o porto de transatlânticos de Balneário Camboriú. A proposta da PDBS, empresa dona do projeto, é que a cidade receba todo o suporte portuário, que será operado por meio de uma hidrovia no Rio Camboriú.

    No ano passado, o primeiros testes com catamarãs funcionaram. Camboriú deverá ficar com o armazenamento e transporte de insumos, como alimentos, e também responderá pelo vaivém dos funcionários dos navios.

    Inicialmente, as operações seriam feitas em Balneário Camboriú, entre o Bairro da Barra e a Barra Sul. O impacto ao trânsito provocou rejeição da prefeitura, e levou os empreendedores a buscarem outra alternativa.

    O documento assinado pelo prefeito de Camboriú será enviado ao Ministério da Infraestrutura, ao Ministério do Turismo e ao Instituto do Meio Ambiente (IMA), responsável pelo licenciamento ambiental.

    Leia também

    Governo federal emite concessão para porto de transatlânticos em Balneário Camboriú

    Primeiro no Brasil, porto de transatlânticos em Balneário Camboriú trará 5 novos navios

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Mais colunistas

      Mais colunistas