Penha poderá se tornar uma das primeiras no Estado a possuir um Distrito Turístico, uma área designada especialmente para investimentos de entretenimento e lazer. A ideia é reservar terrenos às margens da BR-101 e ao longo da rodovia Transbeto, que passa em frente ao Beto Carrero World, para reunir novas atrações e tornar o município uma versão tupiniquim de Orlando (EUA) _ a “casa” de alguns dos principais parques temáticos do mundo.

Continua depois da publicidade

A proposta já foi apresentada ao trade turístico pela prefeitura e agora dependerá de aprovação de uma lei na Câmara de Vereadores. A ideia do Distrito Turístico vem da recente sondagem de empreendedores interessados em investir na cidade, no turismo de lazer. No ano passado a administração foi procurada por representantes de parques aquáticos, shows automobilísticos e de um museu de cera.

O interesse dos investidores vem do público que Penha já tem, e do potencial de crescimento. O Beto Carrero World é considerado o maior parque da América Latina e recebe, anualmente, mais de 2 milhões de turistas.

A ideia do distrito foi bem recebida por empresários que participaram, no fim de semana, de uma reunião com o prefeito Aquiles da Costa (PMDB) em que o projeto foi apresentado. Mas ainda pairam dúvidas quanto à viabilidade da proposta.

Uma das principais preocupações diz respeito à falta de infraestrutura da cidade para absorver uma maior demanda turística. Mobilidade, tratamento de esgoto e água ainda são grandes problemas e podem interferir nos planos de crescimento. Há preocupação, também, com a carga turística que o município pode suportar _ assuntos que deverão ser tratados na legislação que será encaminhada aos vereadores.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total