nsc
nsc

publicidade

Opinião

Quem precisa de frentistas?

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
28/10/2019 - 10h44 - Atualizada em: 28/10/2019 - 13h19
Frentista (foto: Marcos Porto, Arquivo NSC)
Frentista (foto: Marcos Porto, Arquivo NSC)

Eu vi, ninguém me contou: em posto de Itajaí, há algumas semanas, motorista saiu com o carro e esqueceu que estava com a mangueira de abastecimento conectada. Arrancou o dispositivo, que é ligado à bomba.

Leva a pensar nos projetos protocolados na Câmara dos Deputados para flexibilizar a profissão de frentista, dando aos motoristas 'liberdade' para abastecerem por conta própria.

Uma das propostas é da deputada catarinense Caroline de Toni (PSL), outra da deputado paulista Vinicius Poit (Novo). Ambas seguem em tramitação e, segundo entidades que representam a categoria, podem ter reflexo importante na geração de empregos. Só no posto em questão, são mais de 30 vagas. No Estado, são 25 mil.

Faz sentido abrir mão do trabalho dos frentistas, em tempos de desemprego nas alturas?

Deixe seu comentário:

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Últimas do colunista

Loading interface...
Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas