nsc
    nsc

    Análise

    Sete a cada dez pacientes de coronavírus em SC têm menos de 60 anos

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    05/04/2020 - 11h22 - Atualizada em: 05/04/2020 - 15h11
    Foto: Leo Munhoz
    Foto: Leo Munhoz

    Os últimos dados do governo de Santa Catarina sobre o avanço do novo coronavírus no Estado, divulgados no sábado (4), mostram que sete a cada dez catarinenses infectados não são idosos. A faixa etária mais atingida, até agora, é de 30 a 39 anos. São 82 pessoas, que representam 23% do total de casos identificados.

    > Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

    Há um detalhe importante na leitura desses dados. Desde o dia 25 de março, o protocolo de notificação de casos em Santa Catarina prevê coleta de material para testes, e notificação à Secretaria de Estado de Saúde, apenas dos pacientes internados com síndrome respiratória aguda grave (SRAG), profissionais de saúde com sintomas de coronavírus, gestantes com sintomas, e recém-nascidos filhos de mães já diagnosticadas com covid-19 ou que tenham sintomas respiratórios.

    Essa mudança no modelo de notificação ocorreu após o estado ser considerado local de transmissão comunitária, quando a curva de casos começou de fato a subir. Para interpretar os dados, deve-se levar em conta que a recomendação, nas unidades de saúde, é que se interne somente quem tem sintomas mais graves de covid-19, com possibilidade de complicações. Os pacientes com sintomas mais leves são orientados a ficarem em isolamento domiciliar, ou seja, em casa - e não entram nas estatísticas.

    > Painel do Coronavírus mostra os casos confirmados no Estado e escalada de mortes no país

    Isso significa que, entre as pessoas que vão parar nos hospitais em Santa Catarina com sintomas mais graves de coronavírus, há muitos jovens. Mais de um terço, 36% dos infectados no Estado que tiveram notificação à Secretaria de Estado da Saúde, têm menos de 40 anos.

    Os números chamam atenção no momento em que SC registra sua vítima fatal mais jovem de covid-19, um homem de 32 anos que vivia em São Ludgero, no Sul do Estado. E servem para derrubar o estigma de que o coronavírus não causaria complicações em pessoas mais jovens.

    Há risco para todos, e pessoas de todas as idades podem precisar de atendimento hospitalar e acelerar um colapso no sistema de saúde, caso a transmissão aumente.

    Não custa lembrar: a melhor forma de se prevenir contra o coronavírus, e de proteger os outros, é ficar em casa.

    Distribuição dos casos confirmados por faixa etária: (*)

    10 a 19 anos - 2 casos (0,6%)

    20 a 29 anos - 44 casos (12,4%)

    30 a 39 anos - 82 casos (23%) 40 a 49 anos - 55 casos (15,4%) 50 a 59 anos - 70 casos (19,7%) 60 a 69 anos - 69 casos (19,4%) 70 a 79 anos - 21 casos (5,9%) 80 a 89 anos - 11 casos (3,1%) 90 a 99 anos - 1 casos (0,3%) 100 a 109 anos - 1 casos (0,3%)

    * Dados da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas